BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

quinta-feira, 20 de abril de 2017

AS ÁGUAS AZUIS

Estava na casa de uma amiga que havia me chamado para passar uns dias fazendo-lhe companhia porque tinha acabado de separar de seu esposo, e posto fim à um casamento de trinta anos. Nunca havíamos querido passar um tempo juntas, somente nos encontrávamos nos bares para tomarmos cerveja até todos os bares da vila fecharem. Mesmo assim, ainda batíamos na porta de algum, que era sabido por todos que se estivesse com dinheiro trocado e a conta certa de pelo menos um engradado, ele abria a porta para atender.

Mas naquele nosso último encontro nos bares, vimos que precisávamos passar um tempo juntas. Então, decidimos que passaríamos o final de semana na casa dela. Mistes era uma mulher madura e muito segura de si e de sua sensualidade como mulher, dona de um sorriso irresistível e também  gargalhava como eu. Quando nos encontrávamos todas as amigas de uma única vez, o bar era só nosso, e o dono adorava pois gastávamos que nem umas desesperadas.

A gente bebia mais que os homens todos juntos, tinha uns atrevidos que se achavam capazes de nos desafiar para ver quem bebia mais, caiam antes da meia noite, mas nós íamos até meio dia do outro dia. E as vezes a tarde ainda nos juntávamos para acabar com a carne que sobrara do outro dia. Era uma festa só, e que só ia juntando gente, até as velhas apareciam para tomar uma cerveja e comer um churrasco, e churrasco de favela é o melhor que tem.

Na primeira noite, Mistes já havia recolhido-se para dormir, eu ainda estava terminando de assistir um filme de terror, daqueles bem sangrentos, e senti um sono terrível, parecia que ia desmaiar de sono, resolvi ir deitar também. Iríamos dormir nós duas em sua cama de oito metro quadrados, que mais parecia um quarto de tão grande que era. Apaguei rapidamente, e entrei em um sono profundo. Minha mente foi se escurecendo tão rápido que mal pude perceber meu corpo agasalhando-se sobre aquele coxão macio.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers