BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

terça-feira, 18 de abril de 2017

A PORQUINHA TOLINHA IV

Eu estava no campo olhando os carneirinhos que minhas ovelhas haviam dado cria, pois precisavam ser bem agasalhados durante a noite para que os morcegos não chupassem seu sangue. Um morcego grande daqueles há no interior do Amazonas, como é a região que morei no Paraná do Moura, Afluente do grande rio Andirá, mataria um carneirinho numa noite com uma única chupada. Por isso, tínhamos que agasalha-los muito bem para que não fossem chupados durante a noite.

Colocávamos capim tiririca rente o chão da cerca do chiqueiro dos carneiros, pois os morcegos quando vêm sugar o sangue deles, vêm se arrastando pelo chão pois gostam de morder e sugar o sangue do bichos,  principalmente nos cotovelos e joelhos, e o capim tiririca colocado rente ao chão corta-lhes as costas, e impede que passem para morder os bichos. Coisas e formas que caboclo usa para se proteger da força mortal dos bichos que há na mata amazônica.

Minha mãe me gritou dizendo que o regatão do seu Afonso havia chegado e estava me aguardando para comprar minhas coisas e para que eu comprasse as coisas que estava precisando para alimentar meus animais. Pois lá no Amazonas, cada um cuida de sua criação se quiser tê-la. Eu não ligava em trabalhar duro para alimentar meus bichos, mas também não queria que ninguém opinasse sobre o futuro de cada um deles.

Desci o caminho do porto de casa onde estava ancorado o barco de três andares do seu Afonso, entrei , e já fui falando para ele que tinha trezentas latas de castanha, dois carneiros machos, sete galinhas caipira para vender. Ele assustou-se com meu entusiasmo e minha alegria em estar fazendo eu mesma minha própria compra para alimentar meus bichos. Com o dinheiro de tudo que vendi, consegui comprar tudo o que estava precisando, e ainda sobrou muito dinheiro. Voltei para casa toda feliz com tudo que havia conseguido fazer por mim e minha criação.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers