BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

quinta-feira, 23 de março de 2017

A GLÓRIA DOS QUERUBINS

Já havia visto muita coisa estranha mas igual a que vi quando estava passando umas férias na Serra do Cipó, um vilarejo, onde ainda se usa a troca para se comprar as coisas de necessidades básicas. A luz da comunidade só ia até meia noite, e depois só retornava sete horas da manhã. Mas o povo é extremamente acolhedor e amável, o que me fez apaixonar por aquele lugar e seus moradores. Povo simples, carente, mas muito rico em carinho e amor.

Na segunda noite, eu decidi andar por alguns caminhos que levavam à uma montanha, onde haviam várias lagoas feitas nas próprias pedras da mesma, e a água delas era bem quentinha, e como era época do verão em Minas Gerais, dava para se tomar banho de madrugada nessas lagoas sem o menor problema. Fiquei ali na primeira lagoa flutuando sobre as águas durante umas três horas, e acabei adormecendo, e pegando caindo no sono. Não sei como não afundei e morri afogada!

De repente, meu espírito foi despertado, mas não meu corpo, e uma luz nasceu de debaixo de minhas costas, iluminando toda aquela lagoa, e tornando a água como se fosse de ouro. Meu espírito levantou-se e caminhou sobre aquelas águas douradas, até mesmo as pedras da montanha, tornaram-se como de ouro e completamente iluminadas. Uma energia muito poderosa, e também nova para mim, começou a percorrer meu corpo etéreo, enquanto meu corpo físico flutuava sobre as águas.

Foi a primeira vez que tive pena do meu próprio corpo físico. Vi durante um tempo como ele era frágil e delicado. Mas um estrondo horrendo elevou meu olhar para o céu estrelado que deitava-se sobre toda aquela natureza, e fazia com que quase ficássemos cegos com tanta luz que as estrelas estavam enviando sobre aquela comunidade encravada nas entranhas das montanhas do lindo e acolhedor Estado de Minas Gerais. Quando voltei novamente meus olhos para o céu, vi seres indescritíveis que percorriam os céus de todos os mundos na velocidade de um relâmpago.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers