BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

domingo, 5 de fevereiro de 2017

O CAVALO BRANCO XII

Mesmo que minha estratégia estivesse funcionando, pois me mantinha em movimento e dava oportunidade de vasculhar outros cantos daquele local de escuridão e loucura, à procura do espírito do garotinho que precisava ser achado e trazido para o planeta terra, para que encarnar-se e pudesse mudar o futuro da vida aqui, eu percebia que jamais venceria aqueles espíritos demoníacos incontáveis. e que quanto mais eu os matava mais deles pulavam em cima de mim.

Uma intuição rasgou meus pensamentos ao meio, dizendo que o menino estava escondido à minha esquerda, imediatamente saltei o mais rápido e longe que pude, seguindo a orientação que havia sido me dado por Áirôiz, eu sabia que era ele, conhecia aquele pensamento de luz, era parecido com o fogo que saía da espada quando flamejava destruindo tudo que sua lâmina tocava.

Quando finalmente comecei a cair, vi que estava caindo em um abismo, mas era sorte para mim, pois sempre flutuei sobre os abismos, mas os espíritos demoníacos saltaram sem medo sobre mim, e sua multidão era inumerável. empunhei a espada e ela flamejou, mas só os vi caindo no profundo da garganta daquele abismo, um a um os vi sumir na escuridão, então, flutuei até um paredão ingrime que havia do outro lado daquele abismo enorme, mas, foi bom para que colocasse meus pensamentos em ordem, e pudesse ficar mais atenta, pois aquele lugar ainda não tinha mostrado toda sua força.

Quando consegui chegar do outro lado, flutuei até o topo daquele paredão, senti uma energia vibrar timidamente dentro daquelas pedras. Rapidamente desci aquela montanha que descia cheia de rachaduras enormes que iam de cima a baixo, e que tornava sua escalada e descida impossíveis. Mas eu flutuava, então podia ir onde quisesse, mas também ali naquele era só uma pequena vantagem, sabia que algo mais tenebroso e demoníaco estaria que aguardando quando conseguisse sair de dentro daquela montanha enorme e sem entrada ou saída. Mas eu sabia que o espírito do menininho estava escondido ali dentro.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers