BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

segunda-feira, 6 de junho de 2016

O ANJO JAZEL E O SÉTIMO CAVALEIRO


Enquanto eu conversava com Abelle, um dos Anjos de Jazel moveu-se com grande ira para algum lugar. Imediatamente meu espírito seguiu-lhe. Ele flutuou sobre a face da terra, olhou-a com amor, e chorou. Assim que seu pranto sessou, Ele levantou suas mãos para o céu, e jurou pelo nome secreto de Deus, que os Quatro Ventos que estavam presos nos quatro cantos da terra fossem libertados para varrerem da terra um terço de tudo vive sobre a face dela.

Então, quatro trovões explodiram as cadeias que prendiam os espíritos dos Quatro Ventos somente com suas vozes, e fizeram soar palavras em uma língua estranha que fez tudo ao redor calar-se. Meus joelhos tremiam ao som das vozes que profetizavam o futuro do homem, e o entregaram nas mãos dos espíritos dos Quatro Ventos.

Os Quatro Ventos juraram também pelo nome secreto que Deus com suas mãos levantadas para o céu, que derramariam sobre o homem a ira de suas tempestade até que a terça parte da terra fosse varrida e destruída pela força de seus ventos, que obedeciam as vozes que falavam pelos nomes dos quatro trovões, que falavam pelo nome secreto de Deus.

Então, os Quatro Ventos sopraram em direção a todos polos do planeta, e sopraram seus ventos tempestuosos sobre a terra, e quebraram montanhas, destruíram cidades inteiras, os prédios eram arrancados da terra como se fossem feitos de algodão, e só sessaram quando a terça parte da terra foi completamente destruída, e grande cidades ficaram completamente vazias e sem vida, nem mesmo os animais ou as árvores foram poupados da destruição.



Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers