BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

domingo, 12 de junho de 2016

FALTA LEI CONTRA HOMOFOBIA



Falta lei para punir com rigor e com severidade os que praticam crimes de preconceito ou qualquer tipo de atitude intolerante contra os gays, contra as mulheres, contra o negro, contra o índio, contra o idoso, contra a criança. contra o homem, contra a natureza, contra tudo que vive neste planeta. Não somos amparados pela nossa justiça, que como no próprio Estados Unidos, tem seus olhos cobertos por um véu que a impede de ver e julgar com justiça os que oprimem e violam o direito do outro.

Hoje o homem se sente no direito de cercear, e por pior que pareça ser, tem poder para roubar e negar o direito ao próximo, seja como no nosso caso, transexuais e travestis, que ainda estamos nos rastejando implorando para a justiça do nosso país que nos conceda o direito ao nosso verdadeiro nome -o nome social, termo também que não soa muito social.- quando se sabe que em mais de 78 países qualquer prática homossexual ainda é crime. Esse número assusta quando o vemos, mas infelizmente dentro do próprio senado, há senadores  que alimentam e expressam publicamento seus sentimentos e ideias de homofobia.                                                                                                                              

Acordar e ler uma notícia que conta a inaceitável atrocidade que um homem cometeu, na qual matou mais de cinquenta pessoas e também feriu mais cinquenta, simplesmente porque eram gays, nos aterroriza muito, pois nos indica que podemos parar muito longe, se deixarmos esses crimes impunes, e sem leis adequadas e rígidas que venham a coibir esse tipo de comportamento, que como bem temos visto, tem gente capaz de praticar, simplesmente porque não aceita o outro com suas características peculiares e intrínsecas.                                                                                


Ver políticos religiosos pronunciando sem nenhuma punição palavras de teor homofóbico em plenas sessões públicas, e que passam  ao vivo por canais de televisão, ver juízes negando o direito ao nome, impedindo cidadãos de construírem suas personalidades, cercearem o direito supremo de uma pessoa, nos mostra como estamos reféns dos homofóbicos e da nossa própria justiça, e o que fica em nossos corações, é o medo de ser o que nascemos sendo, de ser o rejeitado e o opróbrio de uma sociedade que possui lideres políticos e religiosos tiranos e opressores.                                                           

A tragédia em Orlando só reflete o descaso que essa parte minoritária da sociedade mundial vem sofrendo por partes das autoridades que governam nossos países, que fazem nossas leis, que deveriam cumprir nossas constituições federais, e que negam que estamos sendo exterminados  e perseguidos por nossa própria pátria, que está manchada pelo sangue de pessoas inocentes que foram oprimidas, e como aconteceu nesta  madrugada de domingo, mortas com brutalidade e requinte de crueldade.

Espera-se que a nossa justiça tire a venda de seus olhos para emitir um julgamento justo e legal, sob o prima do que determina nossa constituição e nossas leis, pois é isso que todo cidadão de bem esperar e aguarda por parte das nossas autoridades que foram  colocadas em seus cargos de poder público para poderem cumprir e fazer valer nossas leis constitucionais. Se não, este mundo cairá na mão da desgraçada maldade humana, e o poder judiciário também cairá de seu trono.                                                           

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers