BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

segunda-feira, 27 de junho de 2016

A VOVÓ DO ACABA MUNDO V

Quando cheguei no portão da primeira casa de Deus, gritei para que abrissem o portão mas somente a primeira porta foi aberta,  mas o segundo portão da casa continuou fechado, e duas vozes gritaram de dentro da casa, e disseram-me que não poderiam me ajudar, e que a única coisa que eles poderiam fazer, era dizer-me como cruzar as duas armas que estavam caindo do céu, foi quando eu olhei para cima, e vi duas facas descendo, e antes que tocassem o chão,  eu as peguei, e as cruzei sobre o chão, então, as duas vozes que gritavam lá de dentro da primeira casa, e disseram-me que eu deveria ir andando pois já havia cruzado as duas facas.

Então, pedras enormes começaram a ser jogadas de um lado para o outro, e o povo daquele vilarejo espiritual começou a correr desesperado ser ter onde se esconder daquela chuva destruidora, eu então ajudei o povo que estava fugindo daquela chuva de pedras, e os levei até a porta da segunda casa de Deus, e quando chamamos no portão, um senhor veio nos receber e abriu o portão para que entrássemos e nos escondesse da daquela chuva que estava destruindo tudo e matando muitos dos moradores daquela vila espiritual.

Ficamos ali na segunda casa até a chuva passar, e aquele senhor que nos abriu o portão para que entrássemos, era da linha dos pretos velhos, e sabia o porque a primeira casa só tinha aberto o primeiro portão, mas também disse que não precisaríamos de outra porta que não fosse aquela de sua casa, que ele mesmo havia aberto para nós, e assim que a chuva de pedra passou, ele nos alimentou, e nos abençoou para pudéssemos chegar até o outro lado do vilarejo sem sermos destruídos pelos ataques espiritual que aquele vilarejo estava sofrendo.

O preto velho que havia nos recebido em sua casa, disse-me que eu estava no caminho certo, e que antes que eu procurasse muito, eu iria saber o porque daquela minha viagem até a realidade espiritual daquele vilarejo, e que eu também deveria ter muito cuidado pois haviam espíritos poderosos que queriam acabar com aquele vilarejo, que naquele momento, estava sendo devastado por um principado que tinha se irado e decidido destruir todo mundo daquele Acaba Mundo espiritual, que eu  estava conhecendo naquele lugar do mundo espiritual.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers