BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

sábado, 12 de março de 2016

FARO A CIDADE DOS FEITICEIROS II

     Faro estava em estado de alerta com as ameaças sofridas por parte dos vampiros do norte, filhos de Nosferatus que estavam incomodados com o poder que os feiticeiros dessa pequena cidade possuíam, e queriam a todo custo acabar com a feitiçaria daquele lugar, ou até mesmo com a cidade, caso os feiticeiros não desarmassem suas defesas espirituais que impediam os vampiros de passarem por aquela redondeza, principalmente durante a noite.

     A feitiçaria indígena já foi uma vez num passado muito distante, tão forte que eles conversavam com a natureza, mesmo esta sendo prisioneira. Mas, perderam seu poder depois do contato com homem branco. A partir desse momento, a feitiçaria renasceu nos caboclos, índio misturado com negro, que continham em seu espírito duas feitiçarias antigas e poderosas: A Feitiçaria dos índios e dos africanos. Nasceu então a Feitiçaria Cabocla.

     O povo de Faro é filho da Feitiçaria Cabocla, por isso, são pai e mãe da natureza selvagem que domina tudo que existe nas entranhas da mata virgem. Sabe ouvir os pássaros e interpretar o que dizem em seus cantos, sabe quem morreu somente ouvindo o grito de uma coruja que se chama Rasga-Mortalha, que anuncia a morte para qualquer um que consiga ouvir seu grito durante a noite, sem estremecer seu espírito, sabe roubar a sombra dos outros usando os bichos perversos dos rios, e muitas outras coisas que mais a frente a histórias contará.

      Os vampiros haviam retornado à cidade de Parintins, onde estavam temporariamente hospedados, marcaram uma reunião para todos nos Cine Teatro da cidade, que estava fechado fazia tempo, e eles haviam alugado para suas reuniões, era grande e tinha uma acústica boa que não deixava vazar som para nenhum lado, e era perfeito para os cultos de adoração e invocação do seu Deus Nosferatus. Todos estavam apreensivos com embate na noite anterior contra os feiticeiros de Faro, não havia sido tão fácil como Eduardo, o mais velho entre todos os vampiros mestres, havia falado. Nenhum duvidava de seus poderes, ou de sua condição vampírica, eles eram poderosos, e haviam atingido em cheio três dos mais antigos feiticeiros daquele lugar para onde retornariam em sete semanas...


Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers