BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

AS TRÊS ÁGUAS


         Eu nasci na terra das águas pretas e das águas barrentas. Sou filha da grande deusa Yara. Quando andei sobre as águas negras fui convidada a mergulhar em suas profundezas ao lado das grandes sucurijus, pesquei e cacei com as ariranhas, nadei sob a superfície dos rios com as aruanãs-de-fogo, cantei com os aruáis, saltei junto com os grandes tucunarés-açu, espreitei quieta sob as águas com os grandes jacarés-açu, subi em terra somente para roubar ovos de galhinha com as cobras pepéuas, fiz parte dos cardumes de piranhas, arrebentei linhas e quebrei estrouvo dos anzóis dos pescadores com a piranha-preta, comi capim peremembéca com o peixe-boi, estourei água com o pirarucu, nadei com o boto-tucuxi, e com o Grande Boto Tupinambá mergulhei tão profundo dentro daquelas águas negras que cheguei na cidade encantada, morada de todas as sombras roubadas, onde ele é rei, que fica localizada deibaixo do grande rio Andirá.

          Em minha caminhada sobre as águas barrentas, eu mergulhei com os grandes botos-vermelhos, nadei com as piraras gigantescas, engoli homens com as piraíbas monstruosas, atolei-me no lodo dos fundos dos rios com arraias maiores que um barco de oitenta pés, devorei presas com os grandes jacarés-tinga, conheci o lago dos puraqués tão grandiosos que mais pareciam anacondas, conheci a bota-mulher que rouba a sombra e a vida dos seus amantes-homens, que são levados para sua cidade encantada que fica debaixo do grande rio Amazonas.

          Agora eu andarei sobre as águas azuis. Quero nadar com as baleias, com os tubarões, com os golfinhos, e também quero conhecer a casa de minha mãe Yemanjá que fica debaixo do grande mar azul. Já vi sua entrada em meus sonhos. Espero dessa vez conhecer a cidade dos terousos escondidos por ela, para onde os homens são levados e nunca mais retornam.


           Foto por Anny Soares

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers