BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O CAVALO BRANCO VII

          Enquanto eu empunhava a espada e deslumbrava-me com a luz que ela emitia, lembrei-me que até aquele momento Áirôis não havia dito-me qual era minha missão naquele planeta morto. Não que isso importasse muito, nunca fui de questionar nada que tivesse sido ordenado-me para fazer. Aliás, as coisas comigo sempre foram sobrenaturais. Então, eu olhei para Áirôis que estava-me observando brincar com a espada, e disse-lhe:

           -Áirôis, você ainda não disse o que vim fazer aqui! -Ele olhou-me preocupado, sua face mostrava um certo medo, e com uma voz muito perturbada, falou.

           -Yamê, você foi trazida aqui para resgatar o espírito de um garotinho. Ele ficou preso depois que foi perseguido por espíritos que tentaram impedir sua chegada até o planeta terra. Sua origem é de uma dimensão desconhecida, mas sua encarnação é de super importância. É extremamente necessário que você o ache, não posso lhe dá mas nenhuma informação, pois desde a perseguição não sabemos nada sobre o paradeiro dele, somente, que ainda está vivo e escondido em algum lugar nesta escuridão que cobre este planeta. Seu espírito é muito valioso, e contém ensinamentos grandiosos para a evolução da humanidade, o que torna sua missão fundamental para todos, por isso, você não deve falhar.

            Eu caminhei uns metros para o leste olhando aquele solo negro e destruído, tudo ali era como carvão. Agachei-me e peguei uma pedra, quando a apertei, ela esfarelou entre meus dedos como se fosse areia, de tão morto que estava aquele planeta. Então, olhei para trás novamente, para onde estava Áirôis, e falei com segurança:

            -Isso significa que terei que encontrá-lo nesta vastidão enorme sem nenhuma ajuda! Como saberei se é ele quando achá-lo? O que vive neste lugar, Áirôis? -Mais uma vez Áirôis deu aquele olhar de medo, e disse-me quase sussurrando:

            -Teus olhos o reconhecerão assim que o ver. Quanto ao que vive aqui, só posso dizer-lhe que é loucura e escuridão. Mantenha sua espada empunhada, ela não deixará que a escuridão lhe cubra. Se você não tiver medo em seu coração quando a empunhar, ela nunca falhará. Mas, você dependerá muito do seu julgamento, espero que não erre para que você não fique presa aqui neste mundo junto com o garotinho para sempre. Caso isso venha acontecer, o futuro da terra será como o deste planeta.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers