BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

FAZENDO PIRACUÍ DE BODÓ V


         -Tá bom, Tia, vou até comer mais rápido! -Ela riu-se de mim.

         Colocou mais uns caroços de ingá na boca, e cuspiu fora os quais já tinha tirado o necta. O caroço do ingá é coberto por uma espécie de nécta que forma um tipo de uma nuvem que cobre o caroço, igualzinho algodão, só que mais doce e cremoso, com um leve sabor cítrico no final.

         O sabor do inga-cipó  é mais doce que mel, e é aveludado como algodão-doce. Aquilo, a gente come um monte deles. É uma delícia! Só não pode engolir, se não meu filho, chapéu, entope mesmo! O caboclo chora pra merda sair. Já gente entupida de caroço de ingá e de uixi-liso, outra fruta maravilhosa de gostosa, e o vinho dele então.

          Finalmente voltamos pra casa. Passamos por trás da casa, indo direto pra cozinha, onde minha mãe fazia uma espécie de pirão de farinha de mandioca, tempera, com uns dois peixes assados que ela tinha esfarelado no meio do pirão, para dá um sabor a mais na comida, e também fazia uma panela grande de arroz, era isso que teríamos para almoçar, os tempos eram de fome, e não havia ninguém que morasse naquela região que não estivesse passando difículdades pra alimentar sua família.

          Minha mãe assim que nos avistou vindo por trás da casa, logo disse. -Vocês estavam onde, o pirão de farinha com os dois cara-barúca já já tá pronto, ele é bom comer quente! -Tia Raimundinha logo apressou-se a contar sua ideia para minha mãe.

          -Jojó, tava ali comendo uns ingás com esse curumim, e me veio uma ideia na cabeça, Mana. Acho que dá pra gente aliviar por um bom tempo nossa fome. Será que é o Bené não vai no Ramos com o Raimundo busca uns bodós pra gente fazer um piracuí, aquelazinha? -Minha mãe já soltou de cara seu bordão.

          -Mais se é, mana! Verdade aquelazinha! Dá mesmo pra gente fazer isso, eu te ajudo com esse curumins pra assar os bodós. Eu tenho duas bacia de alumínio que podemos usar.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers