BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

FAZENDO PIRACUÍ DE BODÓ II


           Eu gostaria de continuar ensinando como se faz Piracuí de Bodó, mas acho, que sou melhor contando história do que tentando parecer uma excelente cozinheira. Minhas amigas sabem muito bem que nem ovo sei fritar direito, e quando tento, ele fica todo no fundo da frigideira, sendo necessário raspar para poder colocar no prato só os farelo do que deveria ser um ovo frito. Então, decidi contar como Tia Raimundinha faz Piracuí de Bodó.

           Tia Raimundinha e sua família vieram morar conosco um tempo, ela sempre foi uma cozinheira de mão cheia. Seu cheiro forte de queijo, não da forma que se conhece como porquice, pelo contrário, era maravilhoso abraçá-la e sentir o calor e o aroma de comida que ela exalava. Era reconfortante.  Dava fome só de sentir seu cheiro, que era do melhor queijo que eu já comi em minha vida.

           Um dia, nos meses de fome no Paraná do Moura, era época de cheia, e quase não pegava nenhum peixe em doze malhadeiras, Tia Raimundinha, havia me convidado para apanharmos ingá-cipó, de um ingazeiro que havia perto do barracão de fazer farinha, ele estava carregado de ingás, mas, ela não tinha mais idade nem peso para subir numa árvore que tem a fama de ser pobre e quebrar facilmente, então, enquanto em pulava de um galho para o outro jogando os ingás para ela, sua voz aguda soou estridentemente: -Curumim, tu come Piracuí?

             -Eu parei de tentar arrancar o último ingá maduro que existia, olhei-a de cima da árvore com brilhos nos olhos. Eu adorava Piracuí, principalmente o de Bodó. Lá  de cima do ingazeiro mesmo, eu gritei:
-Adoro Tia, se for de Bodó! -Ela deu uma gargalhada bem alta.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers