BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

sexta-feira, 14 de março de 2014

OS QUATRO BRUXOS VII

        Após todas aquelas palavras e revelações dada-me por Francisco e Cecília, uma segurança e confiança tomaram conta do meu espírito, caminhei até à margem da lagoa, uma névoa cobria toda aquela água que cercava a ilha, parecia que tudo naquele lugar sabia o que iria acontecer, e uma certa tensão cobriu a todos, até os grilos pararam de cantar, e a nevoa movia-se lentamente com se o vento não fosse capaz de movê-la de sobre aquelas águas.

         A menininha de um ano e meio caminhou lentamente e segurou minha mão esquerda e apontou para o meio da lagoa, quando olhei para onde ela indicava com aqueles dedinhos minúsculos, leves e pequenas ondas nasciam de um único ponto d'água, senti meu espírito estremecer, fixei o olhar naquele local, e pude perceber que algo nos espreitava debaixo daquelas águas, algo muito poderoso e maligno, que não exitaria em nos atacar, caso quiséssemos atravessar aquela lagoa ate à outra margem, então, segurei a mão da menininha com toda minha força, e disse-lhe olhando em seus olhinhos e sorrindo.

         -Não tenha medo bebê, eles não nos faram mal. -Ela sorriu e disse-me.

         -Não tente me confortar Yamê Aram, não estou com medo, só não gosto de ver espíritos sendo mortos, e sei que aqui irá haver um grande derramamento de sangue, vejo toda essa lagoa tingida de vermelho, mas, sei que tudo é necessário, gostaria que existisse outra forma de sermos libertados, e também, seu olhar já mudou, vejo que já sabe o que terá que fazer, não tenho medo você Yamê, temos que atravessar, e isso custará a vida de muitos, que são inocentes, e que se deixaram manipular pelo ódio e pelo poder do domínio, são pobres espíritos que mais são marionetes, perderam seu livre arbítrio para outros que vivem de quebrar os dos outros, sabia que esse dia iria chegar e que seria com muita violência, só não quero vê essa batalha, não sei como é sangue inocente ser derramado, e gostaria que você não me obrigasse a isso, quero continuar sem ver a força mortal da violência!

          -Meus olhos novamente encheram-se de lágrimas. Agachei-me na sua frente e disse-lhe.

          -Será feito como você deseja, criança. Não deixarei que contemples nem que seja testemunha de tamanha atrocidade. Vou colocá-la em meus braços, abaixe sua cabeça em meu ombro e feche seus olhos, a batalha irá se trava nas suas costas, mesmo que seja violenta, não solte-me por nada, agarre-se com toda sua força em meu pescoço, e não importa o que aconteça, não abra seus olhinhos, e não solte-me. Com certeza será muito perigoso e sangrento o está para acontecer, mas, isso tudo acabará logo, e já já estaremos do outro lado.

           Uma mulher com os rosto escondido debaixo de um véu negro, um dos sete espíritos aprisionados, aproximou-se e disse-me.

           -Pegue meu véu negro e a amarre em você, assim poderá lutar com suas duas mãos, e não só com uma, isso irá lhe ajudar durante a batalha, não deixei eles atingirem vocês por trás, eles não lutarão justamente, mas acho que você já sabe disso.

           -Peguei a menininha, coloquei-a em meu colo, e a amarrei com o véu negro, que nos enrolou um ao outro como se fosse um casulo negro, dando-me toda força pois sabia que ela estaria segura e não cairia de meu colo, o véu também fez uma espécie de nevoa negra em nossa volta, podia sentir aquela nevoa nos cercando e protegendo.

            A mulher então disse-me: -Não pense no que fazer, simplesmente siga enfrente o tempo todo, e cuide de suas costas, eles são muito mais fortes por trás e seus ataques muito mais poderosos, e lembre-se, a nevoa negra também pode ajudá-la, não despreze suas vibrações, ela lhe dará um leve choque toda hora que sentir o perigo tentando lhe enganar, mas, não deixe sua fúria lhe trair, eles usarão de tudo para impedi-la de atravessar, não desvie muito seus passos para ambos os lados, mas, confio em você Yamê Aram, e também tentaremos lhe ajudar com toda nossa força.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers