BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

DONA BINHÍ A GRANDE FEITICEIRA XX

      Levantei o galho da árvore que tocava aquela água coberta com a aquele lençol prateado. Gostas de água que mais pareciam prata derretida caíram das folhas molhadas. Era deslumbrante tudo aquilo acontecendo diante de meus olhos. Fiquei tão hipnotizado com tudo, que até esqueci-me onde eu estava e o que estava acontecendo. Esqueci-me até de Dona Binhí. Mas, o significava tudo aquilo? Por eu fora tirado de dentro da casa de Dona Binhí? Meus pensamentos pareciam está totalmente embaralhados. Fiquei olhando aquelas gotas prateadas caírem sobre as águas prateadas daquela grande cabeceira. Elas caiam, mais não faziam nenhum barulho. Minha mente não entendia o que estava acontecendo. Meus ouvidos não ouviam o estava sendo dito por aquela visão.

      Quando soltei o galho que caiu imediatamente dentro d'água, percebi que realmente nada fazia barulho ou som algum ali naquele momento. Olhei diretamente para a casa de Dona Binhí, foi quando tomei um suto enorme. A casa de Dona Binhí estava totalmente diferente de como ela era de verdade. Suas paredes e as palhas que a cobriam parecia de ouro reluzindo uma luz dourada. Fiquei atônico. Como aquilo era possível? A casa era de barro. Seu telhado era coberto com palha de Babaçu. Agora, tudo parecia de ouro puro.

      Reparei também que a casa movia-se como se estivesse viva. Era como se não estivesse grudada no chão. Meus joelhos ficaram fracos naquele momento. Meu corpo voltou a ficar imóvel. Meus olhos não conseguiam fixar-se em nada. Tudo estava embaçado. As únicas coisas que eu via bem eram as duas luzes, a prata que vinha da Lua e cobria as águas daquela Cabeceira Grande, e a dourada que era emitida pela casa de Dona Binhí.

       Eu conseguia perceber que a casa ainda se mexia. Parecia flutuar sobre aquele quintal abençoada pela mata. A mesma força que me levara até o meio daquela água prateada, estava agora me levando de volta para dentro da casa de Dona Binhí. Meus sentidos estavam entorpecidos. Sentia-me formigar inteiro. Uma vibração muito forte percorria todo meu corpo fazendo ficar fraco e sonolento. Minha força toda desapareceu de mim. Não estava com medo, em minha mente estava a lembrança daquela lua magnifica que prateou com sua luz toda a água daquela cabeceira.

       Não conseguia parar de pensar no significado de tudo aquilo. Meus pensamentos indagavam-se tentando decifrar o que tinha sido aquilo, e como eu fora parar no meio do rio sendo levado pela mesma força que estava trazendo-me de volta à casa de Dona Binhí. Mas, parecia também está drenando minhas forças. Não havia medo em mim. Eu estava deslumbrado com tudo. Aquela força não estava fazendo-me mal, estava simplesmente mostrando-me sua grandiosidade.

       De repente um trovão soou estremecendo tudo que estava ali. Assustei-me, e percebi que já estava de volta a rede que o marido de Dona Binhí havia atado pra eu deitar. Meu corpo continuava dormente. Minha visão tinha voltado completamente. Dona Binhí continuava parada em pé atrás de minha mãe. Sua aparência continuava pálida, e com seus lábios ainda roxos. Percebi também, que sua cabeça estava levantando-se lentamente. Fiquei atento aos movimentos dela. Queria vê tudo. Queria saber de tudo. Nada me faria sair ou perder aquele espetáculo da natureza divina.

       Quando sua cabeça virou totalmente para trás, ela abriu sua boca levemente e soprou como se estivesse soprando um fogo quando se quer ascendê-lo. Uma fumaça muito tênue saiu de dentro de sua boca indo em direção às costas da Solange. Parecia um fio de fumaça, mas, parecia está viva, pois, flutuava indo em direção à ela. Fiquei espantado. Aquilo era real. A Grande Feiticeira era real. Seu poder era real. Dona Binhí era realmente uma feiticeira poderosa da mata.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers