BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

HIPOCRISIA OU DIDATISMO?

Uma lei em vigor na cidade de Belo Horizonte obriga os hotéis a oferecerem preservativos aos clientes. Até aí uma ótima ideia, mesmo porque todo esforço no combate a doenças venéreas é bem-vindo. No entanto, na prática, o que ocorre é que os hotéis simples e burocraticamente têm disponibilizado dois preservativo e só. Geralmente ficam ao lado da cama sobre a transcrição da lei. Se o hóspede ficar um ou 15 dias, serão sempre tão-somente aqueles preservativos e nada mais.Bom, talvez funcione pra eles, mas, pra mim tinha ser que pelo menos trinta pra quinze. Há duas leituras a se fazer dessa escassez de camisinhas. Uma é que o hotel não entendeu a lei e, em vez de se engajar na luta contra a AIDS, apenas se limita a cumprir minimamente a letra da lei. Ou seja, não se conseguiu o que, espera-se, queria o legislador: contar com a rede hoteleira no combate ao sexo sem proteção. O hotel só garante duas transas. Prefiro pegar no posto de saúde que dá pelo menos cinto e dois gel lubrificante. Outra leitura possível é que os dois preservativos tenham apenas um valor didático: estão ali muito mais para lembrar os hóspedes de sua necessidade do que para serem usados. Mas nesse caso, talvez a lei devesse obrigar à colocação de um cartaz nos quartos. Seria mais econômico para os contribuintes. A verdade, é que o Brasil continua achando que tudo se resolve com leis. Cria-se uma lei e lavam-se as mãos sobre os problemas. Pilatos fez isso e deu merda! Não é isso. Muito mais urgente é introduzir nas escolas o debate sobre sexualidade. Aí sim, seria o didatismo lutando contra a hipocrisia e não os dois conceitos aliados em nome da falta de ação e de coragem de enfrentar nossos verdadeiros problemas. Se está assim agora, imagina se não houvesse copa, como disse Tiago Lacerda presidente da SECOPA.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers