BOAS VINDAS!

Obrigada por visitar meu blog! Espero que tenha gostado! Dúvidas e comentários serão respondidos com atenção. Para ler todos os posts de uma história, é só clicar nos marcadores!



YAMÊ ARAM

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

A CASA MAL ASSOMBRADA VII

O SEGREDO.

 -Vocês dois não me disseram como são! Soou minha fina voz, que até eu ficava irritada com ela!

 Um trovão soou dos olhos negros do Moreno Claro.

 –É só o que deves saber no momento. Suas vozes soarão quando estiverem prontos. Agora vamos brincar.

–Vamos sim! Disse eu agitada como sempre.

 Depois ainda reclamava quando me chamavam de veadinho. Se eu gritasse era pior, todo mundo olhava. Não pelo grito. Mas, por causa da voz. Era impossível as pessoas resistirem não me olhar quando ouviam eu falando. Acho que, por isso, resolvi escrever. Assim falo menos. E chama menos atenção!

 -Você quer brincar do que? O Ruivinho de olhos vermelhos fez seu som de calor perguntar-me.

 –Vamos brincar de esconde esconde! Disse eu.

 –Quem vai contar? O vento barulhento falou de dentro Indiozinho.

 –Eu conto! Disseram as Águas Azuis de dentro do Branquinho de olhos azuis turquesa celeste. 

 Ele virando-se pra pilastra de mármore começou a contar até trinte e três. Tempo suficiente pra nos escondermos.

 –TRINTA E TRÊS OLÉ! O Branquinho gritou!

 Eu estava escondida dentro de um baú velho de madeira antiga que ficava do lado direito do sofá branco. Tanto tempo se passou, que eu até dormi. E sonhei que estava diante de um grande portão enferrujado. Seu ferrolho era maior que meu braço. Deveria ter uns oito metros de altura. Seus ferros eram da grossura de minha perna. Ela é fina. Imagine menos.

  Um estrondo enorme soou e o enorme portão começou a abrir. Ele estava relutando em abrir. Mas, alguma coisa muito poderosa o obrigava a abrir.

  Estrondo e roncos gigantescos, que pareciam tremer a terra, cortavam meus ouvidos, que doíam a cada grito daquele portão de ferro. Era como se ele tivesse vida.

Google+ Badge

Google+ Followers

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Seguidores

Follow by Email

Google+ Followers